nutricao-funcional

Nós não somos apenas aquilo que comemos. Somos aquilo que COMEMOS, DIGERIMOS, METABOLIZAMOS E ABSORVEMOS.

A Nutrição Funcional é uma forma mais dinâmica e holística de abordar, prevenir e tratar desordens crônicas complexas através da detecção e correção dos desequilíbrios que geram as doenças, atuando desta maneira na CAUSA, e não apenas nos SINTOMAS. Para isto, deve-se respeitar a individualidade bioquímica de cada organismo, focando em planos alimentares personalizados e suporte nutricional adequado para cada paciente, após uma detalhada e minuciosa anamnese clínica e nutricional. Com isso, é possível saber quais são os alimentos que funcionam para cada um e os que podem provocar ou aumentar os desequilíbrios orgânicos, auxiliando o organismo a funcionar plenamente e permanecer com saúde e vitalidade.

Dentre alguns destes desequilíbrios orgânicos e patologias onde a nutrição funcional e a fitoterapia podem reduzir o risco ou auxiliar no tratamento, podemos citar: fadiga, excesso de peso, doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, diabetes e síndrome metabólica, candidíase crônica e demais complicações fúngicas, disfunções hepáticas, alergias alimentares, alívio dos sintomas do climatério/menopausa, saúde óssea, déficit de memória e/ou concentração, doenças neurológicas, cabelos quebradiços/caspa, queda de cabelo, unhas fracas, doenças auto-imunes (vitiligo, espondilite anquilosante, psoríase, tireoidite de Hashimoto, doença celíaca, esclerose múltipla, etc), queda de libido, endometriose, SOP, infertilidades feminina e masculina, dentre outros (as).

Além disso, é essencial para a família que planeja (não apenas a mulher que já está gestante) uma gestação saudável e equilibrada para o bebê e para a mãe, assim como durante o período pós-gestacional e lactação. As famílias que iniciam acompanhamento pré-gestacional e gestacional comigo também podem acompanhar a saúde nutricional dos seus bebês – incluindo dificuldades na amamentação (pega, candidíase mamária, fenômeno de Raynaud, mastite), alergias alimentares no bebê, introdução alimentar e adequação nutricional até os 3 anos de vida do bebê.

E o mais importante: eu te escuto de verdade. Eu não quero contribuir para que fiques mais neurótico/a com a tua alimentação. Eu quero que reaprendas a te ouvir, te auto-conhecer, te auto-descobrir – e a partir daí, retomar essa relação saudável com a comida, que muitas vezes (em busca da saúde) a gente perde. Não precisa ser tão difícil, não precisa ser tão doloroso. Vamos juntos?

1ª consulta: 2h

é realizada uma anamnese nutricional completa e detalhada do paciente, além da avaliação de composição corporal e, se necessário, solicitação de exames laboratoriais e elaboração de suplementos pertinentes ao tratamento nutricional. Também neste primeiro encontro, juntos, estruturamos o seu planejamento alimentar individualizado.

acompanhamentos: 1h

avaliação da evolução dos sinais e sintomas apresentados anteriormente, nova avaliação de composição corporal e ajustes ao plano alimentar e suplementação.

resultado final

Sinais e sintomas amenizados ou eliminados, perda de peso consequencial e melhora da sua qualidade de vida.